Just another WordPress.com site

Reproduzimos abaixo o texto do blog Assentamento Milton Santos, atualizando as notícias sobre a ocupação e as negociações para que o absurdo despejo de uma área altamente produtiva e contra-hegemônica aconteça!

 

Vamos à luta! Se o campo não planta, a cidade não janta!

miltonsantos

Novamente, os lutadores do Milton Santos tiveram que enfrentar uma audiência exaustiva e sem garantias de resolução do problema.

Na ocasião da desocupação do Instituto Lula, hoje, Paulo Dulci havia citado que tínhamos obtido avanços, o que não se confirmou na fala do presidente nacional do INCRA, Carlos Guedes, na audiência que ocorreu às 18h no INCRA ocupado.

Carlos Guedes, acompanhado de Wellington e outros representantes do INCRA,  se reuniu com os assentados e aliados e afirmou ter tomado novas medidas jurídicas para tentar adiar a reintegração de posse. Uma das medidas foi conversar com os juízes responsáveis pelo processo e acionar o Ministério Público para tentar avaliar o mérito da questão do Assentamento. Em fala cuidadosa, afirmou que  não se comprometiam com a assinatura do decreto e prometeram fazer com que haja resposta do judiciário a tempo de não ocorrer o despejo.

Essas promessas apenas reforçaram a falta de vontade política do governo federal para resolver o problema, aumentando a descrença dos assentados e a insegurança quanto ao futuro do Milton Santos. Diante disso, as famílias permanecem em luta, acreditando que a resistência ocorrerá até as últimas consequências.

Não desistiremos de reivindicar o decreto de desapropriação, única medida que assegura a permanência e a tranquilidade das famílias no Assentamento Milton Santos.

 

fonte: http://www.assentamentomiltonsantos.com.br/?p=735

Salve galera da Babilônia e região…hehehehhe

Esse post é dedicado aos amigos Lino e Mário Ito Bocchini do blog censurado FAlha de S. Paulo.

falha

Eles estão há 847 dias sob censura de um dos maiores jornais do Brasil: FOLHA DE S. PAULO

Se você quer conhecer mais sobre o caso (você ainda não sabe?!?!), que já está correndo em 2ª instância na Justiça, acesse o site abaixo (não censurado)

http://desculpeanossafalha.com.br/entenda-o-caso/

É a Casa do Alpendre na luta pela liberdade de expressão!!!!

Vídeo gravado na Casa do Alpendre para o programa Os Donos da Bola, Rede Bandeirantes

Projeto Compartilha Ciclovida

Salve galera!!!

 

Nos dias 14, 15 e 16 de dezembro vai rolar o I Festival do Filme Anarquista e Punk de São Paulo e a programação está recheada de bons filmes e reflexões

http://anarcopunk.org/festival/?page_id=56

Estaremos participando do debate abaixo:

Ciclovida: Lifecycle
coletivo Ciclovida-SP fará uma discussão sobre a expansão do agronegócio e a perspectiva de resistência que o Ciclovida busca cultivar através do resgate, partilha e preservação das sementes crioulas, as sementes tradicionais do campo que não foram modificadas geneticamente em laboratório e que são reproduzidas de geração em geração por comunidades tradicionais do campo. A ideia é relacionar essa perspectiva de resistência à busca por maior autonomia tanto no campo quanto na cidade, reconhecendo na permacultura, importantes contribuições.

Sábado, 15/12 – 17:10  | SALA 2

Além da ESTRÉIA: Squat Toren

(38min. | 2012 | Squat Toren | Fortaleza/CE)

Durante dois anos uma fábrica abandonada foi okupada em Fortaleza/CE, criando a primeira vivência de uma ocupação anárquica na cidade. Esse documentário traz algumas das imagens feitas durante e depois da ocupação, além de depoimentos de pessoas que ali viveram e/ou a apoiaram.

Sábado, 15/12 – 16:00  | SALA 1

e do vídeo dos nossos queridos amigos norte-americanos

Torcendo pelo Time da Casa

(aprox.. 5 min. | 2012 | Jesse Meehl, Nolan Morice, Erick Boustead)

O pequeno vídeo lança luz sobre a resistência e a luta da Comunidade Trilha do Senhor, uma das 22 comunidades de Fortaleza/CE que está lutando para permanecer nas casas que ocupam há gerações. Xs moradorxs da Comunidade enfrentam a ameaça constante de serem despejadxs de suas casas e a iminente destruição de toda a Comunidade, em nome do “desenvolvimento econômico” e sob pretexto dos preparativos de Fortaleza para a Copa do Mundo 2014 da FIFA.
Sábado, 15/12 – 17:10  | SALA 2

É isso ai, galera!

Contamos com a presença de todos!!!!

Torquemada 17 Balas

Olá para todo mundo!

Há cerca de um mês realizamos uma viagem para o sertão do Ceará para participar de um encontro de mutirões de trabalho e de troca de conhecimentos, para o qual surgiu a idéia de contribuirmos “puxando” a construção de uma cisterna de armazenagem de água da chuva. Depois de algumas correrias, formamos um grupo de 12 pessoas que se comprometeram a participar desse encontro, documentá-lo e posteriormente compartilhar as aprendizagens.

Pessoal, enquanto coletivo, esse é nosso primeiro retorno a vocês que colaboraram tanto com a compra dos materiais necessários à construção da cisterna quanto com os custos da nossa ida para o Ceará. E depois dos atropelos caoticamente postos por nossas rotinas paulistanas, que algumas vezes nos impediram de organizar nossa energia coletiva, o que estamos para compartilhar com vocês é certamente muito mais do que as concretizações dos mutirões, da construção por completo da cisterna de ferrocimento (!!!), da multiplicidade de culturas, e mesmo dos desafios impostos pela aridez da caatinga: é uma experiência que nos surpreendeu ainda mais, nos marcando, grupo e indivíduos, como uma das mais intensas e enriquecedoras de nossas vidas.

                No momento, estamos organizando uma quantidade imensa de fotos (algumas podem ser vistas neste link https://picasaweb.google.com/107462077538350500039/EncontroCiclovida2012), vídeos, desenhos e registros escritos. Optamos por construir e partilhar nossas impressões em um relato mais denso e completo dessa vivência, o qual pretendemos concluir até 25 de março. Esse relato, além de aproximar vocês um pouco mais dessa história, será para nós um horizonte na construção de nossas contrapartidas: um vídeo detalhado da construção da cisterna (passo a passo) e material didático para impressão (“apostila”) da cisterna e da casa – ambos com conclusão prevista para o fim de julho. Em um segundo momento, nos dedicaremos a sistematizar os materiais relacionados às demais tecnologias e conhecimentos compartilhados durante o encontro.

Além desse planejamento, por termos ainda uma parte de nossa dívida inicial (a prestação de contas será partilhada com vocês junto com o relato, no dia 25/03), estaremos realizando eventos para compartilhar a experiência do encontro como um todo, e também o documentário Ciclovida. Nesses eventos, continuaremos a arrecadar contribuições por meio de doações e da venda de bebidas e alimentos.

Agradecer mais uma vez a vocês certamente faz parte desse caminho, uma vez que as muitas doações, entre outras contribuições que recebemos, foram indispensáveis à realização desse sonho conjunto.

Abraços libertários,

Lucimara, Caio “Saravá”, Paquê, Lívia, Aline, Mariah, Cecília, Marcos “Tica”, Julia, Samuel, Julio e Hélio, mais Dani e Rogério

%d bloggers like this: